[O Casamento]

Oi, meninas!

O casamento da gente, vocês vão ver, é um dos momentos mais especiais das nossas vidas <3 Mesmo o que não dá certo, é como se desse, e tudo tende a ser mágico só por fazer parte daquilo.

Mas é claro que, com o tempo, a gente vai amadurecendo, revendo escolhas, e sem a emoção dos preparativos tende a enxergar alguns detalhes com mais clareza – da festa, da cerimônia e mesmo da nossa própria postura.

Eu fui dessas noivas que acha que pode abraçar o mundo! – queria resolver tudo sem incomodar ninguém. Hoje não seria assim, pelo contrário! Envolveria mais as pessoas ao meu redor, pediria ajuda e, certamente, ficaria menos cansada no fim das contas.

Outra coisa é que faria prevalecer alguns poucos desejos meus, como ter a cerimônia de tardezinha, pegando o restinho do pôr-do-sol, e depois uma festa mais intimista, com menor número de convidados.

Tudo foi lindo, maaas… respondendo à pergunta que não quer calar:

Se meu casamento fosse hoje, o que eu mudaria?!?!

1. Incluiria mais meu noivo nos preparativos

Verdade! Nessa de querer resolver tudo, com medo de depois ficar muito em cima, acabei tomando muitas decisões sozinha. Não só decisões estéticas, que recaem naturalmente sobre a noiva, mas de todo tipo, e hoje vejo que poderíamos ter dividido mais as coisas. Fica aí a dica pras noivinhas que estão começando a organizar seu casório: é saudável para vocês compartilharem as alegrias – e também os perrengues – desse que é o começo da jornada a dois <3

Aproveita pra ver: Cadê o noivo? Como incluí-lo (mais!) nos preparativos

2. Procuraria por mais vestidos de noiva

De preferência de tecidos mais leves! O vestido com que me casei talvez tenha sido o terceiro a experimentar, na primeira loja que visitei. Era mais justo – e também mais brilhoso – do que eu havia idealizado, mas caiu bem e por alguma razão fiquei com receio de não achar outro. Besteira! Hoje teria visitado outras lojas, experimentado vários modelos, priorizando os de caimento mais leve, com mais movimento. Sem falar que esse modelo que escolhi, mais justo, me obrigou a perder alguns quilinhos antes do grande dia :oO

Aproveita pra ver: Modelos de vestido de noiva: o desafio de acertar o seu

O casamento: perdendo uns quilinhos pra entrar no vestido!, rs (crédito: Fábio Calderaro)


3. Contrataria cerimonial completo

Taí um serviço com o qual me surpreendi, e que teria me ajudado demaaais ao longo dos preparativos – inclusive a ser mais relax! Os meses do meu planejamento coincidiram com algumas mudanças na minha vida profissional, e ter alguém que me orientasse sobre quem contratar, ou melhores preços, etc., teria me poupado vários desgastes. Isso porque ter um olhar experiente nos guiando poupa não só $, mas também algumas noites de sono! Sem falar que, na maior parte das vezes, esse serviço nem é tão mais caro do que apenas o cerimonial do dia.

Aproveita pra ver: Cerimonial para casamento: conhecendo os bastidores

4. Teria uma lista menor

Essa é uma questão polêmica, mas penso que, embora seja uma festa, o casamento é uma celebração muito íntima. Dividi-lo com as pessoas que amamos é especial demais, por isso escolhê-las com carinho e cuidado sempre foi tão importante pra mim. Por questões familiares, nossa lista acabou crescendo um pouco, e foi até animado ver tanta gente feliz e dançando na pista com a gente! Mas, sim, se me casasse hoje faria uma festa mais pessoal, e com isso digo com mais sentido para mim e meu noivo <3

Aproveita pra ver: Convite de casamento: montando a lista

5. Adiantaria o horário

Como comentei, teria sido lindo se tivéssemos pego ainda um pouquinho do sol na cerimônia! Essa era uma das imagens que tinha na cabeça quando idealizava o casamento: entrar na igreja com o sol se pondo e aquela luz bem suave iluminando tudo… Acabou que o formato da festa, para mais convidados, a casa de festas escolhida,  etc., pesou para um horário mais noturno. Por isso, se casar de dia também é importante pra você, considere desde o comecinho as escolhas que ajudarão a viabilizá-lo.

Aproveita pra ver: Casamento ao ar livre: vantagens de casar de dia

6. Casaria de cabelo solto

Ou levemente preso, ok! Mas todo preso foi uma coisa que tentei evitar até os 45 do segundo tempo, rs. Conversei com amigas e ex-noivinhas (a própria Vivi!) que me alertaram que o cabelo completamente solto logo despentearia – ainda mais o meu, fino demais para manter os cachos. No fim das contas, tive um imprevisto com a minha franja um pouquinho antes de entrar na igreja e meu cabelo acabou descabelando mesmo preso, rsrs. Por isso, se meu casamento fosse hoje, teria escolhido o penteado que me faria mais feliz, independente do resto 😉

Aproveita pra ver: Penteados para noiva: seleção BVN de 5 estilos

7. Substituiria o making off

O casamento: maquiagem impecável (crédito: Fábio Calderaro)

Pois é! Essa etapa do making off, que é super aguardada – e até planejada – por tantas noivas – quem vai participar, o que vai ter, amiga, madrinhas, champanhe, etc., é algo que eu certamente substituiria! Tinha tanta gente no meu quarto enquanto me arrumava (apenas os profissionais, mas de foto, vídeo, maquiagem, penteado) que acabei ficando mais desorientada que propriamente animada, rs.

Se fosse hoje, escolheria passar por esse momento pré-cerimônia com mais serenidade, menos gente, voltá-lo mais pra mim que aos outros. Trocaria facilmente esse registro por fotos minhas de noiva, e mesmo com meu noivo antes da festa – do que, aliás, senti bastante falta depois que vi o material completo.

***

É isso, noivinha! Um pouquinho da minha experiência pra te ajudar e inspirar! Claro que tudo o que compartilhei aqui tem muito a ver com o tipo de noiva que fui, com meu estilo e personalidade. Mas é bem possível que uma dica ou outra tenham te servido também, né?!

Se quiser mandar perguntas, dúvidas ou mesmo compartilhar sua história, comenta aqui embaixo pra gente! Vamos AMAR!

Beijo e até o próximo post!

Carol

Carol

Casadinha com Ricardo, tem 28 anos, mora no Rio de Janeiro, é jornalista e escritora nas horas vagas – e, claro, apaixonada por assuntos inspiradores, como sonhos e casamentos! Descobriu que ser noiva é ser muitas numa só, se apaixonar todos os dias, trocar ideias e desafios! Espera te ajudar com as experiências que passou - e aprendeu - do noivado ao grande dia 😉
Carol